Registros do II Workshop de Filosofia e Ensino da UFRGS

É com grande alegria que disponibilizamos para download o e-book Epistemologia e Currículo: registros do II Workshop de Filosofia e Ensino da UFRGS.

O Prólogo, que reproduzimos abaixo, foi escrito pela Prof.ª Elisete Tomazzeti (UFSM), a quem agradecemos, bem como a todos os autores e demais envolvidos no processo desta publicação. Esperamos que seja uma leitura frutífera!

Comentários e compartilhamentos são bem-vindos.

***

Filosofa e EnsinoEpistemologia e Currículo. Quatro expressões – cada uma em sua especificidade abarca um enorme conjunto de sentidos, ideias, perspectivas. Juntas, compõem um universo de possibilidades de entendimento e de caminhos a serem percorridos.

Filosofia e Epistemologia são temas próprios aos estudantes e pesquisa- dores de Filoso a, que ao longo do tempo são convocados para seminários, congressos e encontros em diferentes regiões e em diferentes instituições de ensino superior no Brasil.

Ensino e Currículo, de longa data, pertencem ao campo da Educação; daqueles que estão implicados com as questões de docência, escola, ensino, aprendizagem, entre outras.

Cada um destes pares temáticos tem habitado, no Brasil, ao menos, lugares e discursos específicos, construindo um dualismo que por vezes parece indissolúvel. Lugar de filósofo, envolvido com Filosofia e Epistemologia, e lugar de professor de filosofia, ou talvez de filósofo da educação e do ensino, envolvido com Ensino e Currículo.

Dois campos teóricos importantes, que nesta obra, organizada por Gisele Secco, foram chamados ao diálogo, para lançar luzes sobre possibilidades interdisciplinares, no âmbito das aulas de Filosofia, na escola básica.

Este livro é resultado de um admirável esforço que Gisele vem fazendo, desde algum tempo, de reunir professores pesquisadores de Lógica, Epistemologia e Ensino de Filosofia em Workshops, na Universidade Federal do Rio Grande dos Sul, no Campus do Vale, nos dias frios do inverno gaúcho. Desta forma, abre um valioso espaço para que novas perspectivas e novas abordagens, de caráter filosófico, possam repercutir significativamente entre os envolvidos com o ensino da filosofia.

É preciso fazer um alerta ao leitor! Não procure, ao ler este livro, um o condutor que, em linha reta, costura e faz aparecer sua intencionalidade. Adentre a densidade dos textos, seu caráter especializado, e, então, aos poucos, perceberá que, no conjunto, há uma composição, feita de pequenos nós, que potencializa problematizações ao leitor. São tentativas de pensar sobre o Interdisciplinar no campo da Filosofia e de seu Ensino. Outros textos, mais explícitos, não menos densos, oferecem reflexões potentes sobre o tema Currículo e Ensino, os quais brotam das experiências de sala de aula, de estudo e pesquisa de seus autores.

Para quem está interessado em pensar filosoficamente sobre Filosofia e seu Ensino, este livro é um convite e, já, um exercício!

Santa Maria, junho de 2016.

***

capa

III WFE – Linguagens e métodos – Programação

Quarta-feira, 13/07

9:30 h – Abertura do evento

9:45 – Minicurso “Leitura de textos filosóficos no Ensino Médio” 

Prof.ª Marta Vitória de Alencar (EA/USP)

*

14h – Mesa redonda “O ensino de filosofia para jovens e adultos: perspectivas metodológicas”

Prof. Gustavo Coelho (Colégio Israelita Brasileiro e no Colégio São Judas Tadeu) – “O ensino de filosofia para jovens e adultos: perspectivas metodológicas”

Prof. Rúbia Vogt (CAp/UFGRS) – “Pensando uma alfabetização filosófica na EJA”

Moderadora: Inara Zanuzzi (UFRGS)

*

16:30 – Mesa redonda “A Filosofia na Base Nacional Comum Curricular”

Prof. Edgar Lyra (PUC-Rio) – “A Filosofia BNCC: princípios e crônicas”

Prof. Prof. Ronai Pires da Rocha (UFSM)

Moderadora: Prof.ª Gisele Dalva Secco (UFRGS)

*

Quinta-feira, 14/07

9:30 – Minicurso “Leitura de textos filosóficos no Ensino Médio” 

Prof.ª Marta Vitória de Alencar (EA/USP)

*

14h – Mesa redonda – “Filosofia para/com/e crianças: Quais linguagens? Quais métodos?”

Professores:

Fábio Gai Pereira (UFRGS/ EMEF Vereador Carlos Pessoa de Brum/ Colégio N. Sra. do Bom Conselho);

João Francisco Siqueira Rodrigues (EMEFs Heitor Villa-Lobos/América/Emílio Meyer);

Rafael Ramos Cioquetta (CMEBs Eva Karnal Johann/ Alberto Pasqualini)

*

16:30 – Mesa redonda – “A formação de professores de filosofia entre a graduação e a pós-graduação”

Prof. Edmilson Paschoal (UFPR) – “O PROF-FILO: aparecimento, configuração e desafios”

Prof. Edgar Lyra (PUC-Rio) – “A Filosofia no Ensino Médio brasileiro: a importância da formação docente”

Moderadora: Prof. Raphael Zillig (UFRGS)

*

Sexta-feira, 15/07

9:30 – Minicurso “Leitura de textos filosóficos no Ensino Médio” 

Prof.ª Marta Vitória de Alencar (EA/USP)

*

14h – Palestra – “Linguagens e métodos: de um ponto de vista sociológico”

Prof. Ronai Pires da Rocha (UFSM)

*

16h – Roda de conversa – Escolas e ocupações: sobre a escola que virá

Organizada com a colaboração do Prof. Rafael Padilha (EMEF José Loureiro da Silva)

 

“A Filosofia no Ensino Médio brasileiro: a importância da formação docente”

Esta é a sinopse da fala do professor Edgar Lyra (PUC-Rio) , na mesa sobre formação docente com o prof. Edmilson Paschoal (UFPR):

A formação de professores de Filosofia para o ensino médio brasileiro envolve inúmeros desafios e demandam trabalho perene. A ideia é compartilhar experiências reunidas ao longo de quase dez anos de atuação como coordenador de licenciatura na PUC-Rio, quatro na gestão do PIBID na mesma universidade, dois no Mestrado profissionalizante no CEFET-RJ e, mais recentemente, alguns meses como aprendiz no processo de ocupação das escolas públicas do Rio de Janeiro. Muita coisa foi observada – desde o mais absoluto pessimismo, não raro presente em salas de professores, até júbilos muito intensos comungados ao final de projetos exitosos. Tudo tem servido de lição e convidado a continuar.

Mesa – “A Filosofia na Base Nacional Comum Curricular”

Vocês podem ler abaixo a sinopse da fala do Prof. Edgar Lyra Neto (PUC-Rio), “A Filosofia BNCC: princípios e crônicas”, na mesa redonda sobre a Filosofia na BNCC, juntamente com o Prof. Ronai Rocha:

A Base Nacional Comum Curricular encontra-se agora em consulta nos estados e municípios visando à elaboração de sua terceira e, possivelmente, última versão. Tendo participado da elaboração das duas primeiras versões – como assessor da área de Ciências Humanas, especialmente do componente Filosofia -, disponho-me a compartilhar experiências e decisões envolvidas no processo. Tal compartilhamento deve, bem entendido, fazer-se acompanhar da necessária reflexão sobre o significado do documento no presente momento brasileiro.

Raiz

Nesta postagem é possível acessar um comentário sobre as leituras críticas à primeira versão do documento de Filosofia e aqui a segunda versão do documento.

Escolas e ocupações: sobre a escola que virá – encerramento do III WFE

A tarde de encerramento de nosso evento terá duas atividades.

A primeira delas é a palestra do nosso querido Professor Ronai Rocha, da UFSM, intitulada “Linguagens e métodos: de um ponto de vista sociológico”. O resumo pode ser acessado aqui.

A segunda, última do evento e para nada menos importante, é a roda de conversa sobre os movimentos de ocupação das escolas brasileiras.

Esta atividade está sendo articulada em colaboração com o Professor Rafael Padilha (EMEF José Loureiro da Silva), e contará com a presença de alunos e professores que participaram de ocupações em escolas de Porto Alegre, além da contribuição do Prof. Edgar Lyra, que esteve em contato direto com ocupações na cidade do Rio de Janeiro e, claro, todos os que se sentirem motivados a colaborar com a construção de uma compreensão dos processos políticos e pedagógicos em jogo nesses movimentos.

A propósito, o professor Edgar enviou este vídeo intitulado Ocupa EM, produzido pelos NINJA, sobre as ocupações no Rio, para quem quiser conferir.

Vamos pensar nisso juntos e com todas as ferramentas que temos?

20160516123536_1223028-493414

(Foto de Antonio Paz, extraída do site do Jornal do Comércio)

“A formação de professores de filosofia entre a graduação e a pós-graduação” 

Na tarde da quinta-feira, dia 14/07, falaremos sobre o tema da formação de professores de filosofia na mesa redonda com os professores Edgar Lyra (PUC-Rio) e Edmilson Paschoal (UFPR). A mediação fica por conta da Prof.ª Lia Levy, atual Coordenadora do PPGFil – UFRGS.

Eis o resumo da palestra do Prof. Edmilson, “O PROF-FILO: aparecimento, configuração e desafios”. Eis seu resumo:

O objetivo da exposição é oferecer alguns elementos para o debate sobre a formação de professores de filosofia, retomando o tema da relação entre a graduação e a pós-graduação a partir de um fato novo que aparece entre 2012 e 2016, o PROF-FILO. A proposta do PROF, que diz respeito em especial à formação do professor que já atua em sala de aula, conforme veremos, não consiste em oferecer soluções breves para antigos problemas, mas em ampliar as margens no interior das quais se desdobram os debates sobre o ensino de filosofia. Uma proposta que aproxima a prática docente e o ambiente acadêmico e que, de certo modo, reafirma a correlação entre teoria e prática em um patamar ainda pouco explorado na área de filosofia.

IMG_2114